SerTãoVivo - Ações de Convivência com o Semiárido

Government & Nonprofit

palacio-do-planalto
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Description
Ações de Convivência com o Semiárido

Brasil Sem Miséria
Text
  • 1. AÇÕES DE CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO BRASIL SEM MISÉRIA – BAHIA Construção de cisternas e tecnologias sociais para armazenamento de água, para consumo e produção. • 1.347 municípios do Semiárido beneficiados desde 2003 • 935,5 mil famílias beneficiadas desde 2003 (cerca de 4,4 milhões de pessoas) • 600 mil famílias beneficiadas de 2011 a 2014 (cerca de 2,8 milhões de pessoas) ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO Meta: 750 mil cisternas entregues em todo o semiárido até o fim de 2014 Cisternas construídas entre 2011 e março de 2014: NO SEMIÁRIDO • 545,7 mil, das quais 376,5 mil de placas de cimento e 169,2 mil de polietileno NA BAHIA • 149,9 mil ÁGUA PARA PRODUÇÃO Meta: 76 mil tecnologias sociais de apoio à produção agrícola entregues em todo o semiárido até o fim de 2014 Tecnologias construídas entre 2011 e março de 2014: NO SEMIÁRIDO • 54,7 mil tecnologias NA BAHIA • 16,8 mil tecnologias PROGRAMA ÁGUA PARA TODOS Foto: Sergio Amaral-Ascom/MDS
  • 2. BRASIL De 2003 a 2013: • mais de R$ 5 bilhões em recursos aplicados para as compras do PAA • cerca de 4 milhões de toneladas de produtos comprados da agricultura familiar • 20 mil entidades socioassistenciais beneficiadas No período 2011-2013 (Plano Brasil Sem Miséria): DD Participação de 388 mil agricultores familiares DD Mais de R$ 500 milhões investidos em média por ano DD Mais de 400 mil toneladas de alimentos adquiridos em média por ano • Em 2013: 50% dos agricultores que venderam ao PAA estavam inscritos no CadÚnico e 37% eram mulheres • Os produtos adquiridos somam mais de 3 mil itens (leite e derivados (26%), hortaliças (19%), frutas (14%), seguidos de feijão, arroz, cereais, castanhas, mandioca, carnes, pescados, ovos, sucos e polpas de frutas, entre outros (período 2011-2013) • 44% dos agricultores familiares que acessam o PAA está na Região Nordeste Pelo PAA, os agricultores familiares vendem sua produção para o governo. Os alimentos são direcionados a hospitais, creches e escolas públicas, asilos, restaurantes populares e populações em situação de vulnerabilidade. PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) REGIÃO NORDESTE • De 2003 a 2010: foram aplicados R$ 1,68 bilhão em recursos para as compras do PAA e adquiridas 1,48 milhão de toneladas de produtos da agricultura familiar. No período 2011-2013 (Plano Brasil Sem Miséria): DD Participação de cerca de 65 mil agricultores familiares, em média, por ano; DD 7.800 entidades socioassistenciais beneficiadas, em média, por ano; DD Mais de R$ 270 milhões investidos, em média, por ano; DD 29% dos agricultores familiares na região são mulheres DD 49% dos agricultores familiares que venderam ao PAA estavam inscritos no CadÚnico BAHIA De 2003 a 2010: • foram aplicados R$ 245 milhões em recursos para as compras do PAA e adquiridas 206.559 toneladas de produtos da agricultura familiar. No período 2011-2013 (Plano Brasil Sem Miséria): DD Participação de 10.742 agricultores familiares, em média, por ano DD 1.042 entidades socioassistenciais beneficiadas, em média, por ano DD Mais de R$ 40 milhões investidos, em média, por ano DD 37% dos agricultores familiares do Estado são mulheres DD 44% dos agricultores familiares participantes estavam inscritos no CadÚnico Foto:SergioAmaral-Ascom/MDS
  • Comments
    Top